Notícias/eventos

Fevereiro de 2020, Viagem à Polónia. Na Catedral de Cracóvia, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, condecorou com a Ordem da Frecha os Directores do Museu da Fundação Auschwitz- Birkenau, assinalando os 75 anos da libertação daquele campo de concentração. Nessa ocasião o Sermo. Senhor Dom Filipe, teve a oportunidade de homenagear seus antepassados os Reis da Polónia, tendo também visitado a exposição dos Tesouros Reais do Palácio de Cracóvia.

Assinalando os 75 anos do fim da 2.ª Guerra Mundial, o Sermo. Senhor Dom Filipe condecorou o Coronel Comandante do Grupo de Scouts de Skawinia com a Ordem da Frecha, homenageando os soldados Polacos mortos em combate, tendo recebido nessa ocasião a Medalha Comemorativa da Batalha de Monte Casino.



No dia 18 de Janeiro de 2020, o Sermo. Senhor Dom Filipe recebeu na Ordem Militar de São Sebastião, dita da Frecha, a diversas personalidades, entre as quais o Coronel de Infantaria Raúl Miguel Socorro Folques (Vogal do Conselho das Antigas Ordens Militares) e o Coronel de Cavalaria Francisco Amado Rodrigues (Diretor da Biblioteca e da Coleção Museológica da Academia Militar).


2 de Dezembro de 2019, Dia Nacional dos Emirados Árabes Unidos, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe esteve presente na recepção do Dia Nacional dos Emirados Árabes Unidos, em Lisboa, sendo recebido pelo Embaixador daquela Federação que comemorou os 48 Anos da sua fundação.


20-22 de Novembro de 2019, Mafra-Lisboa,  o Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu os Príncipes do Hawaii (Casa de Kamakahelei), reatando os laços Históricos entre as Casas Reais de Portugal e do Hawaii (iniciados no reinado do Rei Dom Luís I ). O Sermo. Senhor Dom Filipe teve oportunidade de lhes dar a conhecer os os antigos Palácios Reais de Mafra e da Ajuda, evocando a História da Dinastia de Bragança, especialmente de seu Augusto Avô El-Rei Dom João VI.

6 de Outubro de 2019, Gettysburg, Pensilvânia, E.U.A., o Sereníssimo Senhor Dom Filipe esteve em Gettysburg, Pensilvânia (U.S.A.), onde prestou uma simbólica homenagem aos voluntários portugueses do Regimento de Infantaria n.º 39 de Nova Iorque que combateram nessa célebre batalha da Guerra de Secessão Americana. O Senhor Dom Filipe foi acompanhado nessa visita por autoridades civis e eclesiásticas, como por veteranos combatentes da guerra do Golfo, a quem o Senhor Dom Filipe houve por bem condecorar com a insígnia da Ordem da Frecha.


4 de Junho de 2019, no âmbito das Comemorações do 2.º Centenário do Nascimento da Rainha Senhora Dona Maria II, foi organizado pela Academia de Marinha em parceria com a Academia Nacional de Belas Artes, um colóquio alusivo a essa efeméride, tendo o Sereníssimo Senhor Dom Filipe proferido uma comunicação subordinada ao tema sobre os Consortes e Pretendentes de sua Augusta Prima a Rainha Senhora Dona Maria II.


19 de Março de 2019 – Nunciatura Apostólica de Lisboa – O Sereníssimo Senhor Dom Filipe com Sua Excia. Revdma. o Senhor D. Rino Passigato, Núncio Apostólico em Lisboa, por ocasião do 6º Aniversário do Pontificado de S.S. o Papa.


19 de Janeiro de 2019 – Academia Militar, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, entregou nas mãos do Excelentíssimo Senhor Major-General João Vieira Borges (Comandante da Academia Militar), o diploma e insígnia da Comenda Honorífica da Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha, atribuída à Academia Militar. Após este acto, foi celebrada na Capela do Palácio da Bemposta uma Missa em Honra do Mártir São Sebastião, Santo Patrono da Ordem e da Arma de Artilharia do Exército Português.


5 de Dezembro de 2018 Prémio Fundação Calouste Gulbenkian de História Moderna e Contemporânea (2018) da Academia Portuguesa da História , sob a Presidência da Prof.ª Doutora Manuela Mendonça (Presidente da Academia Portuguesa da História), o Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu das mãos do Prof. Doutor Guilherme de Oliveira Martins, o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian de História Moderna e Contemporânea (2018) da Academia Portuguesa da História, atribuído à obra da sua autoria “O Duque de Loulé – Crónica de um Percurso Político (1804-1875)”.


2018 – Viagem a Polónia, No centenário da Independência da Polónia, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, foi condecorado com a Ordem do Mérito da Polónia pelo Governador de Mala-Polska (em nome do Presidente da República da Polónia), pela sua intervenção no âmbito da APTCE, na divulgação e salvaguarda do património civilizacional europeu, desenvolvido ao longo dos últimos anos na Polónia, bem como por diversas intervenções histórico-culturais levadas a cabo pelo Sereníssimo Senhor Dom Filipe, estreitando laços de amizade entre portugueses e polacos.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe teve a oportunidade de visitar a sede do Agrupamento de Escuteiros de Skawina (Malopolska), sendo recebido pelos dirigentes daquele agrupamento, onde depois de homenagear os polacos caídos em combate (na 1.ª e 2.ª Grandes Guerras), realçou o importante papel do movimento escutista em todo o mundo, nomeadamente na formação das novas gerações, assente nos valores perenes da Pátria e da Família, alicerçados na honra e dignidade do Homem.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi recebido oficialmente pelo Governador de Donoslaski (Wroclaw), tendo nessa ocasião condecorado o Coronel Ryszard Filipowicz (entretanto falecido R.I.P.), antigo combatente polaco da 2.ª Guerra Mundial e membro da resistência contra o nazismo e comunismo.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, atribuíu a Comenda Honorífica da Ordem da Frecha à Imagem de S. Sebastião de Zatonia (Zilona Gora).


2017 – Viagem a Polónia.O Sereníssimo Senhor Dom Filipe prestou Homenagem aos seus antepassados os Reis da Polónia Estanislau I e Augusto II, sepultados na cripta da Catedral de Cracóvia.

Ver Parentesco do Sereníssimo Senhor Dom Filipe com os Reis da Polónia

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi recebido oficialmente pelo Governador da Região de MaloPolska e pelo Presidente da Câmara da cidade de Cracóvia.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe e sua comitiva foram recebidos pelo Bispo Auxiliar de Cracóvia, no Paço Episcopal daquela cidade.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe e sua comitiva foram recebidos pelo Director do Centro Prisional de Cracóvia, tendo o Sereníssimo Senhor Dom Filipe prestado uma homenagem no memorial da antiga prisão de presos políticos (mortos e torturados) da época do regime soviético.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, como Presidente do Comité de Honra da APTCE foi um dos oradores convidados a participar no painel subordinado ao tema: “Europa depois das experiências de Guernica e Auschwitz”, organizado pela edilidade de Oswiecim em parceria com o Museu de Auschwitz – Birkenau.

O Sereníssimo Senhor Dom Filipe condecorou com a Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha, alguns veteranos polacos combatentes da 2.ª Guerra Mundial.


19 de Julho de 2017 – Comemoração dos 300 anos da Batalha de Matapão, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, como Representante do Almirante Lopo Furtado de Mendóça (Conde do Rio Grande) – Comandante da esquadra portuguesa que venceu os turcos na célebre Batalha de Matapão, descerrou na Praça d’Armas da Armada uma placa alusiva à referida efeméride. Neste solene Acto, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi acompanhado pelos Excelentíssimos Senhores – o Almirante Silva Ribeiro (Chefe do Estado-Maior da Armada) e pelo General Artur Pina Monteiro (Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas).


18 de Abril de 2018, Prémio Grémio Literário 2017, no Grémio Literário (em Lisboa), o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, recebeu das mãos do Dr. António Pinto Marques (Presidente do Conselho Director) o Prémio Grémio Literário (2017), atribuído à obra da sua autoria “O Duque de Loulé – Crónica de um Percurso Político (1804-1875)”.


6 de Novembro de 2017 – Grémio Literário (em Lisboa) – apresentação da obra – “O Duque de Loulé – Crónica de um Percurso Político (1804-1875) da autoria do Sermo. Senhor Dom Filipe (Conde do Rio Grande). Tendo posteriormente sido também apresentada no Porto (a 28 de Novembro de 2017) e em Loulé (a 7 de Agosto de 2018).

Esta obra reproduz a Tese de Doutoramento do seu autor em História Contemporânea, defendida em provas públicas a 21 de Setembro de 2016, na sala dos Capelos da Universidade de Coimbra. A apresentação da obra ficou a cargo do Professor Doutor Pedro Soares Martínez, que cativou a todos os presentes com a eloquência que lhe é característica. A obra foi editada pela Livraria-Editora Orfeu de Bruxelas.


23 de Outubro de 2017 – 300 anos da Real Basílica de Mafra, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, assistiu como membro Dinasta da Casa Real de Portugal (e representante de El-Rei Dom João V nesse acto), à Missa presidida pelo Eminentíssimo e Revdmo. Senhor Cardeal-Patriarca de Lisboa, evocativa dos 300 anos da ereção da Real Basílica de Mafra.


1 de Março de 2017 – Carta Doutoral – Universidade de Coimbra, na Sala dos Grandes Actos da Universidade de Coimbra (Antiga Sala do Trono do antigo Palácio Real),  o Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu a Sua Carta Doutoral das mãos do Excelentíssimo Senhor Reitor da Universidade de Coimbra – o Doutor João Gabriel Monteiro de Carvalho e Silva, acompanhado pelo Director da Faculdade de Letras – o Doutor José Pedro Paiva.


21 de Janeiro de 2017 – Ordem de S. Sebastião – Investidura, na Capela do Paço da Rainha – Academia Militar, realizou-se a Investidura de novos Membros da Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha. Nessa ocasião o Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu na referida Ordem o militar Paraquedista Manuel Augusto Marques (entretanto falecido R.I.P.), atribuindo a Comenda Honorífica à Associação de Paraquedistas Boinas Verdes.


21 de Setembro de 2016 – Defesa de Tese de Doutoramento, na Sala dos Grandes Actos (Sala dos Capelos) da Universidade de Coimbra, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe defendeu a sua Tese de Doutoramento em História Contemporânea. O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, foi o primeiro membro Dinasta da Casa Real de Portugal e descendente de El-Rei Dom José I a concluir um doutoramento naquela Universidade.


12 de Julho de 2015 – Festas do Santuário do Senhor de Matosinhos, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe participou nas festas em honra do Mártir S. Sebastião, levadas a efeito pela Comissão de Festas do Santuário do Senhor de Matosinhos. Nessa ocasião o Sereníssimo Senhor Dom Filipe atribuíu a Comenda Honorífica da Ordem Militar de São Sebastião à Imagem daquele Santo venerada na Igreja Matriz, acompanhando-a em procissão até ao Porto de Matosinhos e na volta ao referido Santuário.


18 de Outubro de 2014 – Barcelos, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi recebido oficialmente pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, como membro Dinasta da Casa Real de Portugal. Em seguida, efectuou-se uma visita guiada às ruínas do Paço dos Duques de Bragança e à casa do Condestável Dom Nuno Álvares Pereira, antepassados da Sereníssima Senhora Infanta Dona Ana de Jesus Maria de Bragança e Bourbon (Condessa de Barcelos), Augusta Avó do Sereníssimo Senhor Dom Filipe.


Outubro de 2014, Entrega do Diploma e Insígnia da Comenda Honorífica da Ordem Militar de S.Sebastião, dita da Frecha, efectuada pelo Sereníssimo Senhor Dom Filipe à Câmara Municipal de Barcelos, na pessoa do Presidente e do Vice-Presidente da CMB, sendo acompanhado nesse acto pelo Dr. Alfredo de Côrte-Real (Membro do Conselho da Ordens Dinásticas de Portugal).


Outubro de 2014 – Apresentação da obra “Ordens de Cavalaria em Barcelos”, A Sessão de apresentação do Livro Ordens de Cavalaria em Barcelos, da autoria do Dr. Alfredo de Côrte-Real, contou com a presença do Sereníssimo Senhor Dom Filipe que fez a apresentação da obra, na qualidade de Presidente do Conselho das Ordens Dinásticas de Portugal, e pelo Coronel António Feijó (Membro do Conselho da Assembleia Portuguesa da Soberana e Militar Ordem de Malta) Nessa ocasião, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos congratulou-se pela edição dessa obra. . A esta apresentação, seguiu-se a inauguração de uma exposição alusiva ao referido tema das Ordens de Cavalaria.


10 de Junho de 2014, na Torre de Valdenoceda, Região de Castilla-León, Reino de Espanha, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu das mãos do Mestre Rubén Pérez Llarena e de Don Álvaro Enrique de Villamor, uma peça heráldica em talha com as suas Armas. Esta peça foi trabalhada no Taller Gremial de Artes e Ofícios “Juan del Castillo”.


9 de Junho de 2013 – Homenagem, S. Miguel, Açores, O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, prestou uma Homenagem ao vitorioso Exército Libertador no local da Batalha da Ladeira a Velha (Ilha de S. Miguel, Açores), ocorrida a 3 de Agosto de 1831, onde os Liberais derrotaram as hostes absolutistas / miguelistas, expulsando-as do seu último reducto naquele arquipélago.


10 e 11 de Maio de 2013 – Seminário Internacional, Ateneu de Sevilha, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe presidiu juntamente com o General Don Laurentino Ceña Coro (Chefe da 4.ª Zona da Guarda Civil Espanhola), ao Seminário Internacional realizado no Ateneu de Sevilha (Espanha), subordinado ao tema: “Problemas Emergentes en Seguridad”.


20 de Janeiro de 2012 -Ordem de S. Sebastião – Investidura, O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, presidiu à cerimónia de investidura de novos membros da Ordem Militar de São Sebastião, dita da Frecha, realizada na Capela do Palácio da Bemposta, tendo a Missa sido celebrada por S.Excia. Revdma. o Senhor D. Abílio de Sousa Ribas, Bispo Emérito de S. Tomé e Príncipe.


10 de Novembro de 2011, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, acompanhado do Coronel Fernando Pinto Simões, esteve numa cerimónia protocolar patrocinada pela Direcção de História e Cultura Militar do Exército Português, sendo recebido oficialmente pelo seu Director o Major-General Adelino de Matos Coelho.


19 de Outubro de 2011 – Ordem Militar de S. Sebastião – Investidura. No Mosteiro de S. Salvador de Palme, em Barcelos, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, presidiu à Investidura de novos membros da Ordem da Frecha no Norte de Portugal, tendo a Missa sido celebrada por S. Excia. Revdma. o Senhor D. Abílio de Sousa Ribas, Bispo Emérito de S. Tomé e Príncipe.


23 de Janeiro de 2011 -Festas em Honra de S. Sebastião, Huelva, Espanha. o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, participou nas festas em Honra do Mártir São Sebastião em Huelva (Espanha), tendo assistido à celebração da Santa Missa presidida por S. Excia. Rvdma. o Bispo Don José Vilaplana, a quem o Sereníssimo Senhor Dom Filipe entregou a insígnia da Ordem da Frecha destinada à Veneranda Imagem de São Sebastião. Nessa ocasião o Sereníssimo Senhor fez a oferta de uma partícula da relíquia daquele Mártir à Paróquia de Huelva. Esta Relíquia foi aposta num baixo-relevo esculpido pelo Mestre Alberto Gérman Franco, situado na cripta daquela Igreja.


25 de Abril de 2010 – Mosteiro de Oña, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, visitou o Mosteiro de Oña, tendo nessa ocasião prestado uma homenagem aos seus antepassados os Reis de Castela, sepultados na Igreja daquele Mosteiro, nomeadamente junto do túmulo do Rei D. Sancho II.


1.º de Abril de 2010 – Palácio da Ajuda, meses antes de se completar o fatídico centenário da queda da Monarquia, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe e sua comitiva, prestaram uma simbólica homenagem aos Reis de Portugal, visitando o Palácio da Ajuda, sendo nessa ocasião recebido pela Directora daquele Palácio Nacional.


20 de Janeiro de 2010 – Ordem Militar de São Sebastião – Investidura. Realizou-se na Capela do Palácio da Bemposta (Paço da Rainha – Academia Militar), sob a Presidência do Sereníssimo Senhor Dom Filipe, mais uma cerimónia de Investiduras na Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha. A Missa em Honra do Mártir São Sebastião foi celebrada pelo Rvdmo. Cónego Doutor Manuel Alves Lourenço, Chanceler do Patriarcado de Lisboa e Deão da Sé Patriarcal de Lisboa.


20 a 23 de Agosto de 2009 – Ordem militar de São Sebastião – Encontro. Em Barcelos realizou-se um encontro dos membros da Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha. Para além da cerimónia de Investidura de novos membros na Ordem e do jantar de gala, os convidados puderam conhecer diversos monumentos daquele Concelho do Norte de Portugal, em especial aqueles ligados à história da Casa de Bragança, nomeadamente ao Santo Condestável D. Nuno Álvares Pereira e aos Condes e Duques de Barcelos (e Duques de Bragança), antepassados do Sereníssimo Senhor Dom Filipe.


21 de Janeiro de 2009 – Ordem Militar de São Sebastião, dita da Frecha. Em Lisboa realizou-se mais uma Cerimónia de Investidura da Ordem Militar de São Sebastião, dita da Frecha. Esta foi seguida de jantar no palacete Valmor (Clube dos Empresários).O Sereníssimo Senhor Dom Filipe recebeu na Ordem da Frecha, entre outros, ao Coronel António José de Mello Machado (entretanto falecido R.I.P.), a quem o Conselho da Ordem presta a sua homenagem por tudo aquilo que fez durante as missões que lhe foram confiadas na defesa da integridade da Pátria.


22 Outubro de 2008 – Aniversário de D. João V. No Palácio de Mafra, no dia natalício de El-Rei Dom João V, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, acompanhado por alguns membros do Conselho da Real Ordem da Trindade, prestou uma simbólica e justa homenagem ao Seu Augusto Avô e Régio Fundador deste Real Edifício.


24 de Julho de 2008 – 175º aniversário da libertação de Lisboa. Na manhã do dia 24 de Julho de 2008, no dia do 175.º aniversário da entrada em Lisboa do Exército Libertador sob o comando do Duque da Terceira (24 de Julho de 1833), o Sereníssimo Senhor Dom Filipe prestou uma homenagem junto aos Túmulos dos Seus Tios os Duques da Terceira, localizados na ante-câmara do Panteão da Casa de Bragança (S. Vicente de Fora). A partir da morte da Duquesa da Terceira (ocorrida em 1866), a Representação dos Duques da Terceira passou para a Casa dos Duques de Loulé (D. Filipe Folque de Mendóça, “A Representação do 1.º Duque da Terceira”, in Revista Armas e Troféus, Instituto Português de Heráldica, Lisboa, 1996 [1997], pp. 235 a 246).


1º de Fevereiro de 2008 – Missa por alma de El-Rei D. Carlos e do Principe D. Luís Filipe. O Sereníssimo Senhor Dom Filipe, mandou celebrar uma missa por alma de El-Rei Dom Carlos I e do Príncipe Dom Luís Filipe, assinalando a trágica data do centenário do Regicídio. Esta missa teve lugar na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em Lisboa. Após a Santa Missa o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, acompanhado por membros do Seu Conselho estiveram no Panteão de S. Vicente de Fora, onde puderam prestar a sua homenagem junto aos túmulos de El-Rei e do Príncipe Real.

Neste contexto apraz registar a obra de Jorge de Morais “Regicídio a contagem decrescente 100 anos (1908-2008)“, onde o autor põe a claro, sem reservas nem contemplações, os implicados no monstruoso crime, onde sem sombra de dúvida aparecem, entre outros, os nomes de José d’Alpoim e de Francisco de Herédia (Visconde da Ribeira Brava)(Jorge de Morais,”Regicídio a contagem decrescente 100 anos [1908-2008]”, pp. 127,128, 129,130, 132, 160, 161).


1.º de Dezembro de 2007 – Paço dos Duques de Bragança, Guimarães No dia da comemoração da Restauração da Independência de Portugal, o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, visitou o Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães; prestando uma singular homenagem a seus antepassados, nomeadamente a El-Rei Dom Afonso Henriques e a El-Rei Dom João IV, respectivamente o primeiro como Fundador da Nacionalidade e o segundo como Fundador da Dinastia de Bragança. Nesta ocasião o Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi recebido pelo Presidente da Câmara de Guimarães e pela Directora daquele Paço.


7 de Agosto de 2007 – Palácio de Mafra O Sereníssimo Senhor Dom Filipe foi recebido pela Directora da Biblioteca do Palácio de Mafra, tendo demoradamente apreciado diversos volumes pertencentes ao Seu Augusto Avô El-Rei Dom João V (Fundador do Real Palácio e Convento de Mafra).


25 de Setembro de 2007 – Esclarecimento do Secretário Geral do Instituto D. João VI. Tratou-se de um esclarecimento que o Dr. Luís Bívar emitiu. Para consultar o texto clique aqui


20 de Janeiro de 2007 . Missa em Honra de São Sebastião. Em Lisboa, foi mandada celebrar na Igreja do Santíssimo Sacramento (ao Chiado), uma Missa em Honra do Mártir São Sebastião, a que assistiu o Sereníssimo Senhor Dom Filipe, acompanhado de diversos membros do Conselho da Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha.


23 de Dezembro de 2006 – Evocação dos 200 anos nascimento Infanta Ana de Jesus Maria O Instituto Dom João VI mandou celebrar na Basílica de N.S. dos Mártires (em Lisboa), uma Missa evocativa dos 200 anos do nascimento de S.A. a Senhora Infanta Dona Ana de Jesus Maria de Bragança e Bourbon. Após a celebração da Santa Missa, foi apresentado um livro na sala da Irmandade da mesma Basílica intitulado “A Infanta Dona Ana de Jesus Maria Infanta de Portugal – Marquesa de Loulé”. Este Acto foi presidido pelo Sereníssimo Senhor Dom Filipe (Conde do Rio Grande), sendo a apresentação realizada pelo Dr. Luís Bivar de Azevedo.


20 de Janeiro de 2006 – cerimónia investidura da OMSS Realizou-se na Basílica de Nossa Senhora dos Mártires, a cerimónia de Investidura na Ordem Militar de S. Sebastião, dita da Frecha, sob a presidência do Sereníssimo Senhor Dom Filipe. A Santa Missa em Honra do Mártir São Sebastião foi celebrada pelo Revdmo. Cónego Armando Duarte, Prior da Basílica dos Mártires e da Igreja do S. Sacramento.